Das Dores - Suíte Strindberg

Das Dores – Suíte Strindberg reúne grandes obras do autor suéco August Strindberg em um espetáculo sensível e performático que traz à cena a Mulher.

Senhorita Julia, A Mais Forte, O Pai, e O Sonho são apresentadas em uma estrutura fragmentada, de cenas independentes, onde só a mulher fala. É estabelecido um diálogo provocativo em um texto híbrido, que visa problematizar a questão da fragmentação do pensamento contemporâneo, em situações que dialogam com o cotidiano, na sua diversidade de aspectos e, principalmente, um olhar mais agudo sobre o universo feminino.

Em cena, o empoderamento da Mulher, com suas dores e suas forças, diante de situações diversas em relação ao amor, à sociedade, ao trabalho, à família e a sua própria identidade.

Inspirações nas coreografias de Anne Teresa, ligadas à estética e o pensamento da contemporaneidade, naquilo que há de dissonância, fragmentação e convergências e o teatro como possibilidade de reescritura poética, desnudamento e revelação da condição feminina, integram a pesquisa da Cia. nesse novo processo.

Com adaptação e direção de Samir Signeu, o espetáculo é uma livre adaptação inédita da Epifania Cia. de Teatro em sua quarta montagem teatral, e tem como escopo, além de divertir, possibilitar um debate e diálogo com a sociedade sobre esse tema tão atual e pertinente. Assim, espera-se que o trabalho possa contribuir para a divulgação e desdobramentos dessa temática, além de dar voz à mulher em todos os seus enfrentamentos.

Das Dores 2017 - GUIA OFF

Ficha Técnica

Adaptação e Direção: Samir Signeu

Elenco: Amanda Leones, Carla Dias e Luana Costa

Cenografia: Márcia Pires

Iluminação: Jamil Dias